Treinador CAMPEÃO de 1987 LARGOU o FUTEBOL?

Um dos treinadores mais proeminentes na história do Sport, Emerson Leão, desempenhou um papel crucial em duas das campanhas mais marcantes do clube em competições nacionais: na Copa União de 1987 e na Taça João Havelange de 2000.

O ex-goleiro, que fez a transição das luvas para a área técnica no meio da temporada, compartilhou sua convicção durante uma entrevista ao canal do YouTube ‘Flávio Prado entre amigos’, afirmando que o Leão da Ilha do Retiro teria sido capaz de conter o time carioca na decisão que infelizmente nunca ocorreu.

“O Flamengo recusou jogar, eu acho que teria sido difícil vencer o Sport naquela época, embora eles tivessem uma equipe maravilhosa e fossem superiores. Contudo, dentro do campo da Ilha do Retiro, cheio de buracos, eles não teriam vencido.”

Largou o futebol?

Emerson Leão afirmou que não tem o desejo de retornar à função de treinador. No entanto, o ex-técnico deixou em aberto a possibilidade de se envolver novamente no mundo do futebol, mas em uma capacidade diferente, como dirigente, com a intenção de auxiliar os profissionais da nova geração que enfrentam desafios em busca de segurança e estabilidade em seus clubes.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

“Acho que estão faltando com respeito com a classe de treinadores de uma forma muito acentuada. Quando éramos jogadores, tínhamos um respeito até pelo erro do nosso treinador. Hoje fala o diretor, o presidente, o empresário, o pastor, mas ninguém consulta o treinador. Hoje, o treinador está caminhando para ser um coadjuvante, para ser um espectador. Não sinto vontade de voltar como treinador, mas às vezes me vejo com saudades do futebol”.
Embora esteja afastado do mercado há vários anos, tendo exercido pela última vez a função de treinador em 2012, no São Caetano, Emerson Leão revelou que continua a receber convites para retornar à beira do gramado. No entanto, sua preferência é manter-se afastado dos holofotes.