CRAQUE do Sport chegou a SELEÇÃO BRASILEIRA

Leomar teve uma carreira marcante em diversos clubes do futebol brasileiro, inclusive sendo convocado para a Seleção Brasileira. No entanto, foi no Sport que encontrou maior consistência em sua trajetória.

Seu início profissional foi em 1989, quando começou a ser relacionado para a equipe principal do então Atlético Paranaense. Onde foi peça fundamental na conquista do Brasileirão da Série B, que resultou no retorno do Atlético Paranaense à primeira divisão. Apesar de sua importância no meio-campo, foi negociado com o Sport.

No Sport, Leomar rapidamente se estabeleceu como titular, desfrutando de um bom momento no clube nordestino. Apesar de não conquistar títulos em seu primeiro ano, as temporadas subsequentes foram marcadas pelo tricampeonato pernambucano (1997, 1998 e 1999). O volante tornou-se um líder respeitado pela torcida e pela diretoria.

Explosão nacional do jogador

Após a conquista do tricampeonato pernambucano, Leomar deixou o Sport para atuar no Botafogo, mas sua passagem pelo Rio de Janeiro foi breve, retornando ao Sport após cinco meses. Em 2000, sob o comando de Leão, conquistou novamente o Campeonato Pernambucano e a Copa do Nordeste.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Além desses feitos, o jogador participou da campanha que levou o Sport às finais da Copa João Havelange em 2000. Em 2001, foi convocado por Leão para as Eliminatórias e a Copa das Confederações, sendo conhecido como o “jogador nota 7 de Leão”. Contudo, tanto Leão quanto Leomar não tiveram sucesso na seleção, e após o quarto lugar na Copa das Confederações, ambos saíram da equipe.

Ao retornar da seleção, Leomar vivenciou a queda do Sport para a segunda divisão do Brasileirão em 2002. Com cinco meses sem receber salários, ingressou na justiça para obter a rescisão contratual com o clube, encerrando sua passagem pelo Sport e partindo para atuar no futebol sul-coreano.