Presidente do SPORT convidou flamenguistas para ver taça

Em 2017, o então presidente do Sport, Arnaldo Barros, havia ironizado a tentativa do Flamengo de, por meio do Superior Tribunal de Federal, obter o compartilhamento do título de 1987. Após a decisão do STF que estabeleceu o Leão como único campeão, o dirigente leonino afirmou não acreditar em recursos por parte dos cariocas e convidou os torcedores do Flamengo a contemplarem a taça da competição na sede do Rubro-negro pernambucano.

A provocação de Barros originou-se da celebração dos 100 anos do futebol do Flamengo, realizada pelo clube em 2012. O evento, que ocorreu na Gávea, apresentou uma réplica da Taça das Bolinhas, produzida enquanto a questão sobre o título de 1987 estava sendo resolvida. Homero Lacerda, presidente do Sport em 1987 e atual presidente do Conselho Deliberativo, também comentou sobre o assunto.

“Não acredito que o Flamengo irá se insurgir contra a decisão do STF. Porém, se o fizer, o Sport estará pronto para se defender. Os torcedores do Sport e do Flamengo que quiserem contemplar a taça das bolinhas podem vir aqui. Essa é de verdade, não é de isopor.”

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Mais polêmicas

“O Flamengo sabe que o Campeonato Brasileiro de 1986 classificou 32 clubes para a primeira divisão, e deram aquele jeitinho de dividir em duas chaves. Mas eram todos da primeira divisão. O Flamengo sabia que era primeira divisão.”

“O Flamengo assinou um pedido para participar desse campeonato. Existe um regulamento dessa competição. O Sport ganhou em todos os tribunais. Primeira, Segunda e Terceira instâncias, e na Suprema Corte do país.” – disse Homero Lacerda, presidente do Sport em 1987.