POLÊMICA: Lateral do Leão da Ilha garante não estar acabado

Apresentado como novo reforço do Sport para a temporada, o lateral-esquerdo Dalbert enviou uma mensagem clara para aqueles que questionam sua condição física: “Minha carreira não está encerrada”.

Essa afirmação, carregada de desabafo, surge em meio ao período reduzido de jogos desde que sofreu uma lesão no joelho em 2022, quando estava no Cagliari, da Itália. Em julho daquele ano, Dalbert rompeu o ligamento cruzado anterior do joelho durante sua passagem pelo Cagliari, emprestado pelo Inter de Milão.

Ele ficou mais de um ano sem entrar em campo, até receber uma oportunidade no Internacional no ano passado, onde disputou dez partidas, porém, não teve seu contrato renovado. Seu último jogo ocorreu em 11 de novembro do ano passado, pelo Brasileirão.

Desde então, recebeu sondagens de clubes como São Paulo e Santos, mas sem uma conclusão definitiva. Agora, no Sport, já devidamente regularizado, ele assegurou estar em condições físicas ideais para contribuir com a equipe.

Abre aspas

“Vim para cá como uma forma de recomeço também. Porque tenho 30 anos ainda. A minha carreira não está acabada. Tive uma lesão, claro que foi grave no joelho, estou me recuperando, espero me recompor o mais rápido possível e ajudar o Sport.”

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

“Estou bem fisicamente, bem mentalmente. Nesses meses que estava livre, não fiquei um dia sequer de folga, trabalhei bastante em um estúdio na minha cidade. Estou bem. Vai depender agora das pessoas que os profissionais que aqui trabalham.”

“Eu vim para cá porque o Sport tem um grande projeto, um objetivo, que é subir, que é conseguir o acesso. Esse é o objetivo. Não me coloco acima do clube. Acho que primeiramente vem os objetivos do clube, depois dos meus.”

“Passei por vários campeonatos: Português, Francês e, quando eu cheguei na Itália, eu aprendi muito. Volto mais tranquilo, mais inteiro como jogador e pessoa também. Não acho que foi uma passagem frustrante, foi um aprendizado e tive grandes momentos.”