Lista de ataques a ônibus provoca revolta na população brasileira

Segundo um levantamento realizado pelo Diario de Pernambuco, nos últimos cinco anos, dez ônibus que transportavam delegações de jogadores foram alvo de ataques semelhantes no futebol brasileiro. Surpreendentemente, nenhum dos clubes envolvidos recebeu advertências ou sofreu sanções, incluindo Palmeiras, São Paulo, Bahia, Grêmio, Corinthians, Internacional, Náutico, Botafogo e Fluminense.
10/04/2019: O ônibus do Palmeiras foi alvo de pedras e garrafas enquanto se dirigia ao Allianz Parque, onde a equipe enfrentaria o Junior Barranquilla pela Libertadores. Nenhuma prisão foi efetuada.

23/01/2021: O ônibus do São Paulo foi atingido por pedras e bombas ao sair do CT, na Barra Funda, em direção ao Morumbi, onde o time jogaria contra o Coritiba pelo Brasileirão. Quatorze pessoas foram detidas.

24/02/2022: O ônibus do Bahia foi atingido por bombas caseiras lançadas por torcedores tricolores na chegada à Fonte Nova, antes do confronto contra o Sampaio Corrêa pela Copa do Nordeste. O goleiro Danilo Fernandes e o lateral-esquerdo Matheus Bahia foram feridos por estilhaços. Nenhuma prisão ocorreu.

Outros crimes

25/02/2022: A van que transportava a equipe do Náutico foi atingida por pedras lançadas por torcedores protestantes devido à eliminação na Copa do Brasil. Nenhuma prisão foi registrada.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

26/02/2022: O ônibus do Grêmio foi alvejado por pedras e barras de ferro na avenida Edvaldo Pereira Paiva, a caminho do Beira-Rio, antes do Gre-Nal pelo Campeonato Gaúcho. Os jogadores Vilassanti, Thiago Santos e Victor Bobsin foram atingidos, resultando no adiamento da partida. Duas pessoas foram detidas.

26/06/2022: O ônibus da delegação do Fluminense foi apedrejado ao chegar ao Nilton Santos, onde a equipe enfrentaria o Botafogo pelo Brasileirão. Nenhuma prisão foi realizada.

18/05/2023: O ônibus do Internacional foi atingido por pedras lançadas pela própria torcida colorada nas proximidades do Aeroporto Salgado Filho, após a eliminação na Copa do Brasil para o América-MG. O zagueiro Nico Hernández e o preparador de goleiros Leonardo Martins foram feridos por estilhaços. Nenhuma prisão foi efetuada.

16/08/2023: O ônibus do Corinthians foi atingido por pedras lançadas pela torcida do São Paulo na chegada ao Morumbi, antes do clássico pelo Brasileirão.

29/08/2023: O ônibus que transportava os jogadores do Botafogo ao Aeroporto do Galeão, no Rio de Janeiro, para o confronto contra o Defensa y Justicia pela Sul-Americana, foi alvo de pedras lançadas por uma torcida organizada do Fluminense. O grupo tricolor estava apoiando seus jogadores, que também embarcavam para enfrentar o Olimpia pela Libertadores.