Jogador do Sport conseguiu marcar 10 GOLS em um jogo

O lendário centroavante Dario, conhecido como Dadá Maravilha, anotou 10 gols em uma partida oficial. Isso ocorreu durante um jogo do Sport, seu time, contra o Santo Amaro, em 7 de abril de 1976, pelo Campeonato Pernambucano. Dadá demonstrou toda sua versatilidade ao marcar gols de diversas maneiras, e o placar final foi uma impressionante vitória por 14 a 0 para o rubro-negro pernambucano.

O curioso episódio ganha um toque de humor quando Dadá compartilha a história nos bastidores do jogo. O treinador da época, Mário Travaglini, elaborava táticas complexas, mas Dadá, de forma descontraída, questionou como um time que trabalhava o dia todo e se alimentava apenas com sanduíches poderia enfrentar a equipe deles.

A estratégia de pressionar deu certo, causando cãibras nos jogadores adversários, e Dadá aproveitou para marcar os incríveis dez gols. Ele relembrou esses momentos com seu característico bom humor durante uma entrevista no programa Roda Viva em 1987.

O centroavante foi negociado com o Internacional de Porto Alegre no meio do campeonato estadual, mas encerrou o torneio como artilheiro, com 30 gols, sendo um terço deles anotado contra o Santo Amaro. No Internacional, Dadá foi campeão Gaúcho e Brasileiro, marcando inclusive o gol do título na final contra o Corinthians.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

FICHA TÉCNICA:

  • Sport 14 x 0 Santo Amaro
  • Data: 7 de abril de 1976
  • Local: Ilha do Retiro (Recife)
  • Renda: Cr$ 34.527,00
  • Público: 2.921
  • Cartões amarelos: Luciano Veloso e Cláudio (Sport); Odair, Hilton e Lula Barbosa.
  • Gols: Miltão aos 12, Dario aos 25 e 27 do 1º tempo. Dario aos 4, Peres aos 9, Dario aos 11, 13, 15, 18 (pênalti), 24 e 31; Miltão aos 33; Lino aos 35; e Dario aos 44 do 2º tempo.
  • Sport: Tião; Aranha, Silveira, Djalma e Cláudio; Luciano Veloso (Assis), Peres e Amilton Rocha; Miltão, Dario, Lima (Lino).
  • Santo Amaro: Odair; Hilton, Edílson e Ramos (Lula Barbosa); Bicuda, Saguim e Sabará e Lula Queiroz; Ferreira, Oliveira e Eraldo (Banana).
    Até hoje, o feito de Dadá Maravilha permanece como um recorde no futebol brasileiro. Nenhum jogador conseguiu superar sua marca de 10 gols em uma única partida, nem mesmo Pelé, cujo recorde é de 8 gols contra o Botafogo-SP em 1964.