Entenda: Podem ter apedrejado mas vão marcar presença no jogo do Leão

A torcida organizada Jovem do Leão, que, segundo uma investigação da Polícia Civil de Pernambuco, teve envolvimento direto no ataque ao ônibus do Fortaleza, está planejando marcar presença no jogo entre Sport e Juazeirense nesta quarta-feira, na Arena de Pernambuco, pela Copa do Nordeste.

Isso está acontecendo apesar da ordem explícita contida no efeito suspensivo parcial concedido ao Sport pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), que determinou que o clube poderia permitir a presença de torcedores até que fosse julgado no pleno, desde que proibisse a entrada de “qualquer torcida organizada associada ao clube”.

Esta será a primeira partida com o retorno dos torcedores após essa decisão. O convite para comparecer está sendo divulgado no perfil oficial da organizada no Instagram. Como o setor sul inferior da Arena de Pernambuco, onde eles geralmente se reúnem, estará fechado também por decisão do STJD, a direção da torcida organizada indicou outro local no estádio: o sul superior, localizado logo acima.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Proibição

Além da determinação do STJD, há também um ato administrativo da Federação Pernambucana de Futebol (FPF) que proibiu a entrada nos estádios pernambucanos de faixas, bandeiras e outros adereços que façam referência às duas principais torcidas organizadas do Náutico e do Sport.

O Sport informou que seguirá as determinações do STJD: o setor da organizada permanecerá fechado e nenhum adereço ou camisa identificando-a será permitido na Arena. A Secretaria de Defesa Social (SDS) também foi questionada pela reportagem sobre as medidas que serão tomadas em decorrência do ato administrativo da FPF, mas não enviou resposta.

“Nos catracas de acesso ao estádio, será realizada pela Polícia Militar e pelos seguranças contratados pelo clube uma vistoria.” – explicou o vice-presidente de Segurança, Adalberto Freitas.