ENDERSON MOREIRA mandou na lata: “Não sou vagabundo”

O técnico Enderson Moreira, do Sport, expressou seus sentimentos em uma entrevista coletiva após a derrota na final da Copa do Nordeste de 2023. Apesar da vitória do time pernambucano por 1 a 0 sobre o Ceará na Ilha do Retiro, o Sport ficou com o vice-campeonato na disputa por pênaltis, após perder o jogo de ida por 2 a 1.

O treinador lamentou a maneira como o ambiente do futebol lida com as derrotas, destacando as cobranças e mencionando passar por “uma pressão absurda, uma saúde mental que está sendo cobrada muito forte” nos últimos anos. Ele descreveu o sentimento de perder o título como uma “vontade de desaparecer”.

“Meu sentimento é vontade de viver outras coisas, porque é um preço desumano o que o futebol faz aqui nesse país. Vocês não têm ideia de como as palavras das pessoas e essa pressão minam a gente. Eu não sou vabagundo, eu me preocupo com as coisas, tento fazer o melhor com o que tenho, valorizo os atletas que estão comigo”

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Saiu e se empregou

Cinco dias após acordar sua saída do Sport em comum acordo, o técnico Enderson Moreira acertou sua transferência para uma nova equipe: o Sporting Cristal. O clube peruano oficializou a contratação do profissional de 52 anos, estabelecendo um contrato válido por uma temporada.

Enderson chega à equipe como substituto de Tiago Nunes, que recentemente acertou com o Botafogo para a reta final da Série A do Brasileiro. O treinador do Botafogo fez sua estreia em um empate por 2 a 2 contra o Fortaleza nesta quinta-feira.

Tricampeão da Série B com América-MG, Botafogo e Goiás, Enderson Moreira chegou à capital do Peru, Lima, e concederá uma coletiva de imprensa nas dependências do Sporting Cristal, conforme informado pelo clube. Durante sua passagem pelo Sport, o técnico comandou 67 partidas no ano, conquistando 39 vitórias, 16 empates e sofrendo 12 derrotas, alcançando um aproveitamento de 66,2% dos pontos.