Craque da Seleção de 50 é do SPORT RECIFE

O atacante pernambucano Ademir de Menezes destacou-se como uma figura proeminente na Seleção Brasileira durante a Copa de 1950, consolidando sua fama com uma carreira repleta de gols. Além de sua identificação com o Vasco, onde se tornou ídolo, Ademir construiu uma história significativa também com o Sport Recife.

Desde tenra idade, Ademir esteve ligado ao futebol, participando de inúmeras partidas informais nas praias da antiga Recife, próxima ao local de seu nascimento. Aos 15 anos, integrou a equipe juvenil do Sport, iniciando assim sua jornada rumo ao futebol profissional.

Na categoria juvenil, conquistou dois títulos pernambucanos antes de ascender à equipe principal em 1938, quando contava com apenas 16 anos.

Ascendência no Leão

Inicialmente como suplente nos profissionais do Leão, Ademir teve poucas oportunidades nos primeiros anos no clube. Curiosamente, fez parte do elenco campeão pernambucano em 1938, embora tenha jogado pouco naquele torneio. A partir dos anos 1940, ganhou mais espaço na equipe, sendo artilheiro do campeonato pernambucano de 1941, contribuindo para a conquista do título com 11 gols.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

A primeira despedida do Sport ocorreu em 1942, quando participou de uma excursão do clube pelo Brasil, enfrentando diversas equipes do sul e sudeste brasileiro. Durante esse período, Ademir enfrentou o Vasco da Gama, impressionando o time carioca na vitória do Sport por 5 a 3, marcando três gols e sendo posteriormente contratado pelo Vasco. Sua passagem pelo Sport rendeu 28 gols.

Em 1957, Ademir retornou ao Sport para uma breve despedida do futebol, vestindo a camisa de seu time do coração em um amistoso contra o Bahia, um dos maiores clássicos do futebol nordestino. Após encerrar a carreira, teve uma breve incursão como treinador no Vasco. Ademir faleceu em 1996, após uma prolongada batalha contra o câncer.