VIOLÊNCIA: Mais de 1000 policiais vão trabalhar só para o Sport e Náutico


Em um encontro realizado com a imprensa nesta sexta-feira (5), na sede da Secretaria de Defesa Social (SDS-PE), no bairro de Santo Amaro, área central do Recife, foi divulgado o esquema de segurança para a partida decisiva entre Sport e Náutico, que definirá o Campeonato Pernambucano, marcada para este sábado (6), às 16h30, na Arena de Pernambuco.

Um contingente de 1.070 homens da Polícia Militar (PMPE) estará atuando no estádio e nas vias da Região Metropolitana do Recife. Segundo informações da SDS, 203 policiais estarão direcionados para a área interna do estádio, enquanto os outros 867 estarão distribuídos em pontos estratégicos do Grande Recife, como terminais integrados e estações de metrô, com o objetivo de garantir a segurança dos torcedores até chegarem à Arena.

O policiamento será reforçado com militares do Batalhão de Polícia de Radiopatrulha (BPRp), do Regimento de Polícia Montada (RPMon), da Companhia Independente de Policiamento com Motos (CIPMotos), do Batalhão de Choque, BPTRAN, CIPCÃES, entre outros.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Mais medidas

Além disso, os policiais que estiverem em serviço ordinário nos batalhões de área também estarão atentos em seus respectivos locais de atuação.

Apesar do clássico ser realizado com torcida única, o diretor de planejamento operacional da Polícia Militar de Pernambuco, Coronel João Barros, detalha que haverá um monitoramento rigoroso para evitar confrontos entre as torcidas organizadas dos dois clubes nas ruas da região metropolitana.

“Nosso esquema está pronto para identificar esses grupos que estão nas ruas para causar desordem. Identificando, eles serão abordados e conduzidos à delegacia de polícia mais próxima. Para esse jogo em especial, por se tratar de uma final, a gente está reforçando as escoltas dos dois times. Teremos apoio de helicópteros. Então, esse esquema de escolta de delegação está bem tranquilo, bem reforçado. Esperamos não ter nenhum problema quanto a isso.”