Vem à tona grande contribuição do Sport para o futebol brasileiro

Nas últimas décadas, quatro nomes que surgiram na base do Leão tiveram a chance de demonstrar suas habilidades como treinadores, transmitindo aos jogadores o conhecimento que adquiriram em campo.

Esses talentos destacam o compromisso do Leão não apenas em revelar grandes jogadores para o futebol brasileiro, mas também em formar treinadores competentes que contribuem significativamente para o esporte no país.

Givanildo Oliveira encerrou sua carreira como jogador em 1983 e iniciou sua trajetória como técnico. Em sua primeira partida no comando, ele liderou sua equipe a uma vitória por 2×1, marcando o início de uma carreira repleta de títulos. No comando do Leão, Givanildo conquistou os campeonatos estaduais em 1991, 1992, 1994 e 2010, além de vencer o Nordestão em 1994.

Nomes relevantes

Em 1987, Emerson Leão aceitou o desafio duplo de ser técnico e jogador do Sport, chegando a desempenhar ambas as funções na final do Campeonato Pernambucano. No Brasileirão daquele ano, ele se destacou como um excelente comandante, levando o time à conquista do título do Módulo Amarelo.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Leão retornou ao Sport em 2000, onde conquistou o campeonato estadual e liderou uma campanha memorável na Copa João Havelange, comandando um dos melhores times já formados pelo clube. Essa trajetória o levou a assumir o comando da Seleção Brasileira. Emerson Leão também teve uma nova passagem como técnico do Sport em 2009.

Eduardo Baptista foi outro nome revelado pelo Sport, tendo iniciado sua trajetória em 2014. Isso muito devido a confiança de seu pai, campeão pelo Leão da Copa do Brasil. Daniel Paulista foi outro nome revelado, em 2016, após sua idolatria como jogador leonino.