Veja quanto o SPORT perdeu por ficar na Série B

Os impactos negativos da performance do Sport na Série B de 2023 vão além das questões esportivas, influenciando diretamente o clube. A oportunidade de ascender à elite do futebol nacional poderia ter alterado significativamente o cenário para a equipe rubro-negra.

Isso se deve à disparidade nos valores pagos pelos direitos de transmissão entre as duas competições, sem mencionar as receitas adicionais que naturalmente são impulsionadas quando se participa da Série A do Campeonato Brasileiro.

Em uma entrevista ao Cast FC, o presidente do Sport, Yuri Romão, abordou o impacto financeiro significativo que o fracasso na Série B teve nas finanças do clube.

O que foi dito?

“O cálculo que a gente faz, que pode não ser tão preciso, mas é que um clube ‘entrante’ na Série A, como seria o caso do Sport, deveria ter uma receita da ordem entre 65 e 70 milhões de reais. Comparando com a Série B, que a gente não chega a 10, seria cerca de 50 a 55 milhões de reais.”

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Esses montantes também podem ter afetado os planos de Retrofit da Ilha do Retiro. Originalmente, previa-se que o Sport passaria pelo menos um ano sem utilizar seu estádio, enquanto este passaria por significativas reformas estruturais.

Curiosamente ou não, após a não obtenção do acesso, o período de inatividade do local foi reduzido para aproximadamente quatro meses. Considerando as reformas na Ilha, juntamente com outras melhorias estruturais e no gramado, o clube estima um investimento na ordem de R$ 9 milhões, conforme relatado pelo presidente.