Veja o time do Sport campeão da Copa do Nordeste

Magrão: O goleiro é verdadeiramente uma lenda viva do Sport Club do Recife. Ao longo de 14 anos, ele defendeu o clube, desempenhando um papel crucial em inúmeros momentos, tanto positivos quanto desafiadores. Na Ilha, conquistou oito títulos do Campeonato Pernambucano, a Copa do Brasil de 2008 e a Copa do Nordeste de 2014.
Patric: Durante sua primeira passagem pelo Sport Recife entre 2013 e 2014, Patric vivenciou momentos notáveis. Como lateral-direito versátil, contribuiu nas campanhas do Leão no Campeonato Estadual e na Copa do Nordeste.
Ferron: Além do título no Pernambucano, o zagueiro também desempenhou um papel crucial na sólida performance do Leão no maior torneio regional do país.

Durval: Outro grande nome da era moderna do Sport, Durval teve duas passagens pela Ilha do Retiro, ambas marcadas por sucesso, conquistas de títulos e uma excelente relação com os torcedores. Em 2014, o “sorridente” Xerife foi um dos pilares defensivos fundamentais para o Leão.

Renê: Produto da base do Sport Recife, o lateral-esquerdo Renê atuou profissionalmente pela equipe durante boa parte da década passada, destacando-se nas campanhas do Leão na Copa do Nordeste (2014) e no Campeonato Estadual. Em 2017, transferiu-se para o Flamengo.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Ewerton Páscoa: Apesar de sua breve passagem pelo Sport Recife entre 2014 e 2015, deixou sua marca com algumas atuações sólidas. Além disso, contribuiu para os títulos conquistados nesse período.
Rodrigo Mancha: Atuando no Sport entre 2014 e o início de 2017, Rodrigo Mancha fechou sua passagem pelo clube ao assinar com o Fortaleza.
Wendel: Após passagens por clubes no Brasil e no exterior, Wendel chegou ao Sport Recife e conquistou dois títulos em curto espaço de tempo, entre 2014 e o início de 2015.
Aílton: Formado no Náutico, Aílton não se deixou influenciar pela rivalidade e atuou em diversos clubes do Nordeste ao longo de sua carreira, incluindo Ceará e Sport.

Neto Baiano: O atacante passou por diversos clubes no Brasil e no exterior ao longo de sua carreira. Entre 2013 e 2014, vestiu as cores do Sport e teve um desempenho notável, destacando-se na campanha da Série B de 2013 e nas conquistas do ano seguinte.

Felipe Azevedo: Defendendo o Sport por três temporadas, Felipe Azevedo teve bons momentos.