Qual é o maior campeão Pernambucano da história?


Após um intervalo de quatro anos, o Sport retomou o título estadual. Na decisão de 2023, o time rubro-negro venceu o Retrô por 2 a 0 na Ilha do Retiro, conquistando assim o 43º título pernambucano, o nono neste século. O clube mantém uma liderança isolada no ranking há 99 anos, desde 1924, quando derrotou o América por 5 a 4, estabelecendo uma marca que nunca foi igualada.

Com a nova taça prateada em mãos, seguindo o mesmo modelo das últimas três edições, o Sport ampliou a diferença em relação ao Santa Cruz, que não conquista o título estadual desde 2016. Nos últimos sete anos, a vantagem sobre o rival aumentou para 11 títulos, com o Sport somando 40 e o Santa Cruz 29. No que diz respeito ao Náutico, que vinha de um bicampeonato, a diferença agora é de 19 taças, com 43 para o Sport e 24 para o Náutico.

Desde 1945, apenas uma conquista escapou das mãos dos três grandes clubes da capital. Foi o triunfo do Salgueiro em 2020, o único do interior até o momento. O Retrô, de Camaragibe, em sua segunda participação na decisão, deixou escapar novamente o título. Excluindo essa edição do Carcará, os grandes clubes acumularam 78 troféus nas últimas 79 temporadas.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Todas as estatísticas

Ranking de títulos do Campeonato Pernambucano de 1905 a 2023:

  1. Sport: 43 títulos (O mais recente em 2023)
  2. Santa Cruz: 29 títulos (Último em 2016)
  3. Náutico: 24 títulos (Último em 2022)
  4. América: 6 títulos (Último em 1944)
  5. Torre: 3 títulos (Último em 1930)
  6. Tramways: 2 títulos (Último em 1937)
  7. Flamengo: 1 título (1915) e Salgueiro: 1 título (2020)

Ao todo, houve oito campeões em 109 edições.