VEJA: Jogadores que atuaram no SPORT e no CEARÁ

Ceará e Sport protagonizaram as finais da Copa do Nordeste em 2014 e 2023, e agora estão prontos para se enfrentar novamente na Série B de 2023. A expectativa é de confrontos acirrados entre duas equipes com grande tradição no futebol regional. Em preparação para os embates entre os clubes nordestinos, destacamos cinco jogadores que já vestiram as camisas tanto do Ceará quanto do Sport.

Samuel Xavier, o lateral-direito do Fluminense, é reconhecido como um jogador que deixou sua marca na história recente do Ceará. Poucos torcedores se recordam, no entanto, de sua passagem pelo clube pernambucano, que ocorreu entre 2015 e 2017.

Magno Alves, conhecido como o “Magnata”, é mais um exemplo de jogador que teve passagens tanto pelo Ceará quanto pelo Sport. Ele deixou sua marca de forma significativa no Vozão, tornando-se um dos maiores artilheiros na história do clube cearense. Por outro lado, sua estadia no Sport foi breve, pois Magno Alves logo se transferiu de volta para o Ceará.

Até o MAIOR ÍDOLO da nossa história

Charles, o promissor volante formado nas categorias de base do Internacional, encontra-se atualmente atuando pelo Midtjylland, na Dinamarca. Em 2019, o jogador foi emprestado pelo Internacional ao Sport, onde permaneceu por uma temporada. No ano seguinte, foi adquirido pelo Ceará, permanecendo no clube até 2021, quando decidiu dar continuidade à sua carreira na Europa.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Magrão, uma figura emblemática na trajetória do Sport com 655 jogos, é um ex-goleiro que se destaca por ter conquistado o título de campeão cearense tanto pelo Ceará, em 2002, quanto pelo Fortaleza, em 2004. Sua passagem pela equipe alvinegra ocorreu entre 2002 e 2003, alguns anos antes de integrar o time pernambucano, onde alcançou oito títulos estaduais e, notavelmente, levantou a taça da Copa do Nordeste em 2014.

Felipe Azevedo, o atacante do América-MG, é mais um caso exemplar nesse contexto. Inicialmente, ele defendeu as cores do Alvinegro de Porangabuçu em 2011, 2012 e 2018, acumulando impressionantes 36 gols em 113 jogos. Posteriormente, passou quatro temporadas no rubro-negro, entre 2012 e 2015, registrando 34 gols ao longo de 174 partidas.