Torcida do SPORT teve comportamento horrível sobre deficiência visual

O Sport prestou uma homenagem especial a Giulia, filha do atacante Roger, na Ilha do Retiro, durante a partida contra o Pesqueira em 2013. A comissão técnica rubro-negra entrou em campo exibindo uma faixa com a mensagem ‘Roger, sua filha ainda vai ver muitos gols do papai artilheiro’ como gesto de reconhecimento ao colega de equipe e à sua família.

No gramado, com a equipe já posicionada, o locutor do estádio dedicou o tradicional grito de guerra do Sport a Giulia, uma criança de seis anos, e os rubro-negros presentes aplaudiram a homenagem.

Duas rodadas antes, o problema de visão da filha de Roger havia sido utilizado por um torcedor como meio de provocação ao atacante. No programa Globo Esporte, a TV Globo apresentou a relação afetuosa entre a pequena Giulia e seu famoso pai.

Veja o que foi dito

A infeliz declaração proferida por um torcedor do Sport tinha a intenção de insultar o centroavante Roger, fazendo referência à deficiência visual de sua filha. No entanto, basta observar rapidamente a encantadora Giulia, de apenas seis anos, para concluir que qualquer comparação feita com a filha do atacante merece ser considerada como um elogio.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

“Você é tão cego quanto a sua filha.”

O atacante chegou a investir em um tratamento experimental originado na China. Diante da situação desafiadora de sua filha, Roger, que na época atuava pelo Vitória, optou por seguir os conselhos de um casal de amigos e enviou Giulia e sua mãe em busca da improvável cura. Embora a experiência não tenha produzido os resultados esperados, proporcionou algum conforto à família.

O fracasso no tratamento não afetou a alegria de Giulia nem de seus pais, que perceberam que a ausência de visão não seria um obstáculo para o desenvolvimento de sua filha:

“Nossa filha é especial. Uma menina inteligente, que está se desenvolvendo muito bem e que nos faz muito feliz. Isso é o que importa.”