Técnico permanente do Sport foi dispensado e acabou no Santa Cruz

Em 2012, o zagueiro César Lucena foi dispensado do Sport. Passou meses treinando no Santa Cruz sem contrato. Acabou conseguindo se recuperar de uma contusão grave e voltar a jogar pelo Tricolor, antes mesmo de ter um vínculo com o clube (em amistoso). Na sequência, não apenas ganhou a oportunidade de atuar no clube, mas também se tornou o capitão da equipe.

O capitão marcou o gol da vitória do Santa Cruz aos 44 minutos do segundo tempo, diante do Petrolina. No entanto, manteve a mesma simplicidade que o tornou querido tanto na Ilha do Retiro quanto no Arruda: “fazer gol é sempre bom. Eu quero dedicar esse gol à minha esposa e aos meus filhos e agradeço ao Nininho pelo cruzamento também”.

A realidade agora é outra

O Sport ainda se recupera da derrota para o Vitória, que complicou significativamente a luta pelo acesso. Nos bastidores, porém, já circulam os nomes de dois conhecidos que estariam entre as preferências da direção rubro-negra para assumir a posição anteriormente ocupada por Enderson Moreira: Hélio dos Anjos e Eduardo Batista.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Enquanto a busca efetiva pelo novo treinador não se inicia, o Sport direciona seu foco para concluir sua participação na Série B. No sábado, às 17h, o Leão enfrenta o Sampaio Corrêa na Ilha do Retiro, com César Lucena à beira do gramado. Como auxiliar da casa, o ex-zagueiro assume mais uma vez a posição de interino no clube.

“Queremos terminar vencendo e temos chances matemáticas para isso. Enquanto houver chance, vamos ter esperanças. O que falei para os atletas foi isso. É terminar o ano de forma honrosa, vencendo e fazendo a nossa partida, independente se vai subir ou não”.