SPORT RECIFE vai contratar substituto para ARTHUR CAIKE?

Nos próximos dias, o Sport planeja anunciar seus primeiros reforços para a atual janela de transferências, que se estende até a próxima sexta-feira (19). Com o intuito de fortalecer ainda mais o elenco visando a disputa da Série B, a direção rubro-negra está ativa no mercado. A estreia do Leão no Brasileiro está marcada para o sábado (20), contra o Amazonas, em Manaus.

Até o momento, o elenco do Sport alcançou todos os objetivos estabelecidos para a temporada, conquistando o título do Estadual, chegando às semifinais da Copa do Nordeste e avançando para a terceira fase da Copa do Brasil. E sim, deverá contratar um novo atacante para o lugar do atleta que saiu.

As futuras contratações para o time liderado pelo técnico Mariano Soso não estão obrigatoriamente vinculadas a possíveis saídas. Um exemplo disso é a saída do atacante Arthur Caíke, que não continuará no elenco, pois foi anunciado pelo Criciúma. A direção está empenhada em encontrar um substituto para ele.

Abre aspas

“A avaliação que a gente tem é que o nosso elenco é extremamente competitivo, equilibrado, que está entrosado, que se ambientou muito bem, mas que a gente sabe também que no futebol a gente tem um processo permanente de avaliação e construção dessa base.” – disse Guilherme Falcão, do Comitê de Gestão do Sport.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

“A Série B é um campeonato extremamente longo, de abril a novembro, então a gente entende que, quantitativamente, precisamos precisa robustecer o elenco. Temos um grupo enxuto e precisamos robustecê-lo para o treinador ter opções para manter o mesmo nível técnico que temos hoje.”

“Não comentar sobre qualquer coisa desse tipo (sobre saídas), mas a gente sabe que o elenco está num processo de encorpá-lo para podermos ter condições de disputa na Série B. É isso, vamos fazer esse movimento de contratação, que não está atrelado à saída de ninguém. Se sair por questão de mercado, de desejo de jogador, não está vinculado aos movimentos que estamos fazendo”