Sport Recife HUMILHOU o São Paulo de Telê Santana

O Sport enfrentará um desafio complicado contra o líder da Série A, o São Paulo, no próximo domingo, na Ilha do Retiro. Quando se menciona o confronto entre o Leão e o Tricolor paulista no estádio pernambucano, os torcedores rubro-negros que acompanharam o time na década de 1990 têm uma lembrança marcante: a goleada por 5 a 2, ocorrida em 1º de novembro de 1994.

Essa partida ocupa um espaço significativo nas recordações da Ilha do Retiro. Válida pelo Campeonato Brasileiro daquele ano, o Sport teve uma atuação brilhante, sendo liderado por jogadores revelados na base, como o zagueiro Adriano Teixeira, os meio-campistas Juninho Pernambucano e Chiquinho, e o atacante Leonardo.

O time contava também com titulares que deixaram sua marca na história, incluindo o goleiro Jefferson, o zagueiro Gilton, os laterais Givaldo e Dedé, o volante Dario e os atacantes Zinho e Fábio.

Os grandes nomes da partida

Sob o comando de Givanildo Oliveira, o Sport apresentou um futebol ofensivo envolvente, resultando em uma boa campanha no Brasileiro (embora tenha sido eliminado na segunda fase) e na conquista dos títulos Pernambucano e da Copa do Nordeste naquela temporada.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

A vitória adquire contornos especiais, pois o time do São Paulo havia conquistado o bicampeonato mundial de clubes no ano anterior. Sob a direção de Telê Santana, a escalação do Tricolor naquele jogo incluía Zetti; Cafu, Júnior Baiano, Murilo e André Luís; Alemão, Axel, Doriva e Palhinha; Caio e Euller.

O resultado não foi obra do acaso, mas sim fruto de um desempenho sólido, com gols bem trabalhados, passes precisos, jogadas elaboradas, e uma combinação de tática e técnica. Importante ressaltar que o oponente era o São Paulo, bicampeão mundial, sob o comando do renomado treinador Telê Santana.