Sport e Náutico lideraram seleção dos PIORES do BRASIL

Náutico e Sport colheram os frutos das péssimas campanhas no Campeonato Brasileiro de 2009, no qual o Leão foi o lanterna e o Timbu o vice-lanterna. No UOL, uma votação estava em andamento para escolher os piores jogadores do Brasileirão, e vários jogadores alvirrubros e rubro-negros figuravam na lista.

Na posição de goleiro, Eduardo, do Náutico, competia com Castillo, do Botafogo, e Bruno, do Atlético-MG. Na lateral-direita, Élder Granja, do Sport (agora no Vasco), disputava com Wagner Diniz, do Santos, Jancarlos, do Cruzeiro, e Eduardo Ratinho, do Santo André.

Granja, pelo visto, era o favorito, já que também concorria como o pior jogador entre todos, ao lado de Souza, do Corinthians, Carlinhos Paraíba, do Coritiba, Fábio Rochemback, do Grêmio, Luiz Alberto do Fluminense e Castillo, do Botafogo. Os outros jogadores dos clubes pernambucanos na disputa entre os piores eram Vágner e Acosta, pelo Náutico, e Sandro Goiano, pelo Sport.

O site Globoesporte.com também publicou o time com os 11 jogadores que tiveram as piores médias de notas no campeonato. De Pernambuco, apenas o zagueiro César, do Sport, estava escalado, com nota 4,69.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Ano do Leão

De participante da Copa Libertadores da América no primeiro semestre a rebaixado no Campeonato Brasileiro no segundo. Este foi o ano do Sport. O primeiro time a ser rebaixado à Série B na temporada de 2009, os pernambucanos lamentaram uma campanha desastrosa na segunda metade do ano, mesmo contando com um elenco que possuía jogadores conhecidos.

Campeão pernambucano e eliminado nas oitavas de final da Libertadores, ambos no primeiro semestre, o Sport apresentou uma campanha pífia no segundo. Em 35 partidas do Campeonato Brasileiro, a equipe pernambucana somou míseros 31 pontos.

Ao longo da trajetória na Série A, o Sport trocou de técnico em três oportunidades. Nelsinho Baptista, campeão da Copa do Brasil em 2008, dirigiu o time no início da competição. Após a saída do comandante, Emerson Leão e Péricles Chamusca, este último demitido, passaram pela Ilha do Retiro.