Lenda do Sport Recife infartou e faleceu

Na madrugada de 1 de junho de 2021, faleceu o ex-zagueiro do Sport, Aílton. Destaque do time do Leão nas décadas de 1980 e 1990, ele foi incluído no time do Sport de todos os tempos em uma eleição realizada com torcedores em 2011.

Natural de Laranjeiras, em Sergipe, ele residia na capital Aracaju e sofreu um infarto em casa. Seu sepultamento ocorrerá em Itabaiana. Aílton teve duas passagens pelo Sport. A primeira, entre 1981 e 1982. A segunda, mais marcante, ocorreu entre 1986 e 1992.

Participou de campanhas históricas do Leão, como o vice-campeonato da Copa do Brasil em 1989, sendo o autor do gol na vitória contra o Goiás por 1 a 0 na semifinal. Também fez parte da campanha vitoriosa na Série B de 1990, quando o Rubro-negro conquistou o título. Em 1992, o zagueiro recebeu a Bola de Prata, um prêmio concedido pela revista Placar aos melhores jogadores de cada posição no Campeonato Brasileiro.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

História de vida

O ex-zagueiro nasceu em Laranjeiras, no estado de Sergipe, em 29 de maio de 1956. Iniciou sua carreira profissional no Itabaiana (SE) em 1979, permanecendo no clube até 1980. Posteriormente, defendeu o Sport (PE) e teve uma passagem pelo Cruzeiro entre 1983 e 1985, onde enfrentou jogadores habilidosos do rival Atlético Mineiro, como Reinaldo e Éder Aleixo.

Retornou ao Sport, permanecendo no clube até 1992, ano em que encerrou sua carreira, tornando-se ídolo da torcida rubro-negra. Durante esse período, atuou ao lado de jogadores como os goleiros Gilberto e Rafael Cammarota, o lateral-direito Odair, o meia Erasmo (ex-Palmeiras e Náutico), o atacante Hélio Cheiroso (ex-Palmeiras), o ponta Rinaldo (ex-Fluminense e São Paulo), entre outros.

Ele faleceu vítima de um infarto em sua casa, em Recife (PE), onde trabalhava com uma escolinha de futebol.