Inacreditável: Sport Recife conseguiu contratar jogador suspenso

Peglow foi contratado pelo Sport em junho, proveniente do Internacional, porém, ainda não demorou a fazer sua estreia devido a uma penalidade recebida durante sua passagem pela Ucrânia. Um dirigente do Sport revelou que, apesar de existir um precedente jurídico para reverter a punição do atacante Peglow, o clube aguardou o término da suspensão de oito jogos.

O Sport estava ciente da punição no momento da contratação, confiando na qualidade do jogador e em possíveis argumentos jurídicos para anular a sanção aplicada quando atuava pelo Dnipro. Entretanto, o contexto atual do futebol brasileiro adotou uma postura mais rigorosa em relação às punições recebidas por atletas no exterior, buscando garantir a aplicação consistente das penalidades.

Com a colaboração entre CBF, Fifa e o Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), punições desse tipo não são mais passíveis de reversão. O Sport compreende a complexidade de reverter a punição de Peglow diante desse cenário.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Ciência do clube

O Sport está ciente da necessidade de respeitar a punição e espera contar com Peglow em campo após o cumprimento da suspensão. O dirigente, Jorge Andrade, destacou que, no momento das negociações com o Internacional, sabiam da existência da punição, mas não tinham informações detalhadas sobre o número total de jogos da suspensão.

“Nós sabíamos que viria no TMS (Transfer Matching System), que é o sistema que faz a transferência internacional. Quando houve a transferência, fomos informados pela Federação que viria uma punição de oito jogos. Sabíamos dela quando foi feita essa transferência para o momento de regularização.”

Sua passagem pelo Sport Recife, anunciada como um contrato até o final de 2023, registrou 12 jogos, todos pela Série B, com dois gols e uma assistência. Peglow foi regularizado simultaneamente com o meia argentino Alan Ruiz.