Ex-Sport é chamado de “lata de lixo” na Itália

O Sport está atento! Walter Sabatini, atual gerente geral da Salernitana na Itália, lançou duras críticas ao atacante Mikael, ex-jogador do Sport. O diretor não economizou nas palavras e desferiu críticas contundentes ao atacante de 25 anos, que está sendo cogitado pelo clube Rubro-negro para a temporada de 2024.

O atacante não conseguiu atingir a meta de perda de peso estabelecida e foi repatriado ao Brasil, onde teve passagens sem sucesso pelo Internacional e América-MG. Mikael atravessa um momento de incerteza em sua carreira, parece improvável seu retorno à Itália, e ele continua em busca de um novo clube no Brasil.

“Não quero mais vê-lo em Salerno, nem por uma tarde. Poderia ter sido um “craque” e em vez disso foi uma “lata de lixo”. Ele está mais para um pizzaiolo. Ele tem um maravilhoso pé esquerdo, mas não tem cabeça de jogador.”

Resto da carreira

O custo mensal do jogador para o Internacional era de aproximadamente R$ 400 mil. Agora, os recursos economizados com sua saída deverão ser destinados à busca por reforços no setor de ataque e em outras áreas do elenco vermelho.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Mikael deixa o Internacional com apenas um jogo disputado e nenhum gol. Sua participação se deu nos minutos finais do confronto contra o Melgar-PER, na eliminação da Copa Sul-Americana de 2022. Posteriormente, apesar de ter sido relacionado, o jogador não entrou em campo.

Após a saída, o jogador acertou com o América-MG. Mikael não conseguiu se firmar na equipe mineira. Apresentado como reforço em fevereiro, o atacante participou de nove partidas, registrando apenas um gol. No América-MG, enfrentou a forte concorrência do artilheiro Mastriani e outros jogadores de destaque no elenco. Sua última aparição em campo foi na partida contra o Fluminense, ocorrida em 19 de agosto.