DADÁ MARAVILHA bateu recorde de Pelé e do Náutico na Ilha do Retiro

Dadá Maravilha chegou ao Recife para reforçar o Sport, cinco anos após sua convocação para a Copa do Mundo de 1970. O renomado Dario José dos Santos deixou sua marca na história como o maior reforço do Rubro-negro na época.

Na Ilha do Retiro, ele estabeleceu um recorde nacional ao marcar incríveis dez gols em uma única partida, contribuindo para a vitória por 14 a 0 sobre o Santo Amaro no Campeonato Pernambucano de 1976. O Sport relembrou esse feito extraordinário com um vídeo destacando os momentos memoráveis de Dadá.

“Em 1976, eu jogava no Sport Recife e jogando contra o Santo Amaro, 14 a 0 eu fiz dez gols batendo recorde mundial que perdura até hoje. Não tive piedade do santo.”

Passou Pelé


Naquela ocasião, Dadá Maravilha superou até mesmo a marca de Pelé, que havia feito oito gols contra o Botafogo de Ribeirão Preto em 1964. Na Ilha do Retiro, apenas 2.921 espectadores testemunharam esse feito notável. A história ganhou destaque na capa do Diario de Pernambuco no dia seguinte à partida.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

De acordo com os registros do jornal da época, Dadá ultrapassou o recorde de Tará, que havia marcado nove gols no jogo em que o Náutico venceu o Flamengo-PE por 21 a 3, também no campeonato estadual.

O auge de Dadá durante a partida ocorreu no início do segundo tempo, quando ele marcou cinco gols em apenas 14 minutos, entre os 4 e 18 minutos de jogo. Após a repercussão do confronto, em 8 de abril daquele ano, Dario concedeu uma coletiva de imprensa improvisada em sua casa, à noite, no bairro da Imbiribeira, no Recife