Caíque França faz promessa que a torcida do Sport mais queria ouvir

A convicção da diretoria no trabalho de Mariano Soso também é perceptível no elenco rubro negro. Isso ficou evidente nas palavras de apoio de Caíque França. Em entrevista no CT, o goleiro pediu confiança da torcida no grupo e afirmou que não vê seu trabalho questionado no clube, mesmo com a oscilação rubro-negra na Série B.

“A gente se mostrou um time bem regular durante todos esses meses. Os resultados não vieram nos últimos jogos, mas estamos trabalhando para ver o que acertar. Os caminhos da vitória vão voltar, tenho certeza disso”, garantiu Caíque.

Após uma sequência promissora e invicta de quatro jogos no Brasileiro, o Leão acumula três derrotas consecutivas e está a três pontos da zona de classificação, o G-4.

Nos últimos dois jogos, incluindo a Série B e a Copa do Nordeste (semifinal contra o Fortaleza), o Sport sofreu sete gols, evidenciando seu pior momento defensivo em um curto espaço de tempo. Caíque França lamenta as falhas, mas não considera o próprio trabalho como questionado.

Caíque França está confiante

Na próxima segunda-feira, às 21h30, o Sport recebe o Paysandu na Arena de Pernambuco. O jogo, válido pela nona rodada do campeonato, é crucial para o time pernambucano, que ocupa a sexta colocação com 12 pontos, enquanto o Papão luta contra o rebaixamento na 19ª posição, com apenas cinco pontos.

Sobre a semana de trabalho para corrigir os erros, Caíque comentou:

“Vejo esse período como um dos maiores que tivemos para trabalhar. É muito bom ter essa oportunidade de treinar e ajustar detalhes. Temos dois jogos em casa, e isso será fundamental. Começamos bem na Série B, apesar dos resultados negativos recentes. O grupo está confiante e acredita no nosso modelo de jogo, que já nos trouxe ótimos resultados.”

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Caíque também abordou a importância de passar tranquilidade para a torcida, considerando o medo acumulado de duas temporadas na Série B sem sucesso para subir.

“Dá para entender a preocupação da torcida, considerando a grandeza do Sport, que merece disputar a Série A. Fomos eliminados de duas competições, mas tivemos jogos em que fomos superiores, como contra o Atlético-MG.”, disse o goleiro.

Em um dado momento, Caíque também lembrou da ultima derrota, mas acredita que o clube segue acreditando que no final tudo se encaixará.

“Tivemos uma partida infeliz contra o Fortaleza e uma derrota no último jogo. Mas volto a dizer: o torcedor pode continuar acreditando. Mostramos regularidade durante meses, e estamos trabalhando para corrigir os erros. Os caminhos da vitória vão voltar, tenho certeza. A palavra que gosto de usar é convicção. Ninguém tem dúvida, todo mundo está convicto. Vai dar certo, está dando certo. O campeonato, querendo ou não, começou agora” destacou.

Próximo Desafio

O Sport precisa reconquistar a confiança e retomar o caminho das vitórias para alcançar o objetivo de subir à Série A.

A torcida será fundamental nesse processo. O duelo contra o Paysandu é uma oportunidade de ouro para mostrar a força do elenco e a capacidade de superação em momentos adversos.