Veja as DEZ MAIORES VENDAS embolsadas pelo SPORT

O Sport é um dos clubes que ingressam com a possibilidade de alcançar a primeira divisão em 2024, competindo na Série B desta temporada com o sonho de retornar à elite. Apresentamos a seguir as dez transações de venda mais significativas na história do Rubro-Negro.

Nas negociações de saída, encontramos nomes que não apenas conquistaram a Libertadores e títulos nacionais, mas também representaram a Seleção. Além disso, incluímos jogadores que se destacaram ou ainda estão atuando no exterior. Conheça o ranking das dez vendas mais valiosas da história do Sport Recife.

A transferência do meio-campista Gustavo para o Shabab Al-Ahli, dos Emirados Árabes, estabelece, até o momento, um recorde como a maior negociação já realizada no estado. O Sport angariou mais de R$ 25 milhões com as vendas de jogadores ao longo da temporada de 2022.

Esses números representaram uma quantia oito vezes maior do que a registrada em 2021, que foi de R$ 3,3 milhões, sendo essenciais para fortalecer o orçamento do clube em meio às significativas dívidas acumuladas.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Veja os recordes

1º) Gustavo, meia (Al-Ahli-EAU; 2022) – R$ 11,85 milhões

2º) André, atacante (Grêmio; 2018) – R$ 10,00 milhões

3º) Mikael, atacante (Salernitana-ITA; 2022) – R$ 9,91 milhões

4º) Diego Souza, meia (São Paulo; 2018) – R$ 7,75 milhões

5º) Everton Felipe, meia (São Paulo; 2018) – R$ 6,00 milhões

6º) Joelinton, atacante (Hoffenheim-ALE; 2015) – R$ 5,45 milhões

7º) Ciro, atacante (Fluminense; 2011) – R$ 4,14 milhões

8º) Jackson, meia (Palmeiras; 1998) – R$ 3,50 milhões

9º) Renê, lateral-esquerdo (Flamengo; 2017) – R$ 3,20 milhões

10º) Rafael, lateral-direito (Ferroviária; 2020) – R$ 2,45 milhões