URGENTE: Messi ESTÁ FORA do futebol

No início deste mês, a seleção argentina divulgou sua convocação para os amistosos contra El Salvador e Costa Rica, agendados para os dias 22 e 27 de março, respectivamente. Lionel Messi foi incluído na lista de convocados, porém sua participação está em dúvida.

De acordo com o Diário Olé, da Argentina, o jogador do Inter Miami está lidando com uma pequena lesão muscular na região isquiotibial da perna direita. Após sair aos 4 minutos do segundo tempo durante o confronto contra o Nashville pela Concachampions, o jogador número 10 passou por exames que confirmaram o problema na perna direita.

“A disponibilidade de Messi será determinada com base nas avaliações médicas diárias e no desenvolvimento de sua recuperação nos próximos dias.”

Diante desse cenário, o atual melhor jogador do mundo foi vetado pela equipe do Miami para o jogo deste sábado contra o DC United, válido pela MLS. Messi não acompanhou a equipe de ‘Tata’ Martino até Washington e permaneceu na Flórida, concentrado em sua rápida recuperação.

Como ficam os hermanos?

Essa preocupação também se estendeu à comissão técnica argentina, pois agora os médicos terão que avaliar as condições de Messi para determinar sua participação nos amistosos agendados. A equipe nacional jogará na Filadélfia (EUA) nesta sexta-feira contra El Salvador, às 21h (horário de Brasília). Lionel Scaloni aguarda a decisão médica para confirmar ou não a presença do capitão.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Além da incerteza sobre a condição de Messi, a Argentina já anunciou que Paulo Dybala está fora da convocação. O atacante da Roma teve lesão confirmada no músculo adutor da perna direita.
GOLEIROS: Franco Armani (River Plate), Walter Benítez (PSV Eindhoven) e Emiliano Martínez (Aston Villa);

DEFENSORES: Germán Pezzella (Betis), Nehuén Pérez (Udinese), Nicolás Otamendi (Benfica), Cristian Romero (Tottenham), Nicolás Tagliafico (Lyon) e Marcos Senesi (Bournemouth);

MEIAS: Nahuel Molina (Atlético de Madrid), Valentín Barco (Brighton), Exequiel Palacios (Bayer Leverkusen), Rodrigo de Paul (Atlético de Madrid), Leandro Paredes (Roma), Alexis Mac Allister (Liverpool), Enzo Fernández (Chelsea) e Giovani Lo Celso (Tottenham);

ATACANTES: Nicolás González (Fiorentina), Alejandro Garnacho (Manchester United), Facundo Buonanotte (Brighton), Valentín Carboni (Monza), Ángel di María (Benfica), Julián Álvarez (Manchester City), Lautaro Martínez (Inter de Milão).