SPORT praticamente TIROU o TÍTULO BRASILEIRO do Internacional

Sport surpreendeu ao derrotar o Internacional no Estádio Beira-Rio. A vitória por 2 a 1 não apenas proporcionou um respiro ao clube pernambucano na luta contra o rebaixamento, mas também intensificou a disputa pelo título do Campeonato Brasileiro.

Com apenas três jogos restantes, a liderança do Internacional sobre o Flamengo diminuiu para apenas um ponto (66 a 65). O estrago não foi ainda maior devido ao empate em 0 a 0 entre o Atlético-MG, terceiro colocado com 61 pontos, e o Fluminense.

Todos os gols da partida ocorreram no primeiro tempo, quando os visitantes já contavam com um jogador a mais em campo após a expulsão do lateral Uendel. Marcão abriu o placar para o Sport, Patrick empatou quatro minutos depois e, nos acréscimos, Dalberto fez o segundo gol, estabelecendo o placar final em 2 a 1.

Vale destacar que o gol de Dalberto foi digno de nota. O cruzamento de Patric, pela direita, foi alto, e a defesa colorada parou, acreditando que a bola havia saído. O lateral Júnior Tavares, ex-São Paulo, persistiu na jogada, recuperou a bola e fez a assistência para o atacante do Sport. O goleiro Marcelo Lomba e os zagueiros ficaram estáticos diante do lance.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Sobre o jogo

A formação da linha defensiva de cinco jogadores à frente do goleiro não foi um ato isolado. O Sport elaborou uma armadilha astuta para enfrentar o Internacional e, ao longo do confronto, demonstrou uma concentração extrema para implementar com sucesso a estratégia.

INTERNACIONAL: Marcelo Lomba; Rodinei, Lucas Ribeiro, Cuesta e Uendel; Rodrigo Dourado (Nonato), Praxedes (Léo Borges), Edenilson, Patrick (Peglow); Caio Vidal (Abel Hernández) e Yuri Alberto Técnico: Abel Braga

SPORT: Luan Polli; Patric, Rafael Thyere, Iago Maidana, Adryelson e Júnior Tavares (Hernane Brocador); Marcão, Betinho (Ronaldo Henrique), Marquinhos (Sander) e Thiago Neves (Everton); Dalberto (Luciano) Técnico: Jair Ventura.

O Sport terminou o Brasileirão de 2020 no 15° lugar, com 42 pontos, 1 acima da zona de rebaixamento, preenchida pelo Vasco da Gama, rebaixado com 41 pontos.