Sport bane torcedor que arremessou objeto

Em um desdobramento que gerou tanto alívio quanto reflexão, o Sport Club do Recife anunciou a proibição de um torcedor, cujo nome foi mantido em sigilo, que arremessou objetos no gramado após a derrota do time para o Avaí, no último sábado (18). Identificado pela Polícia Militar, o torcedor agora está impedido de assistir aos jogos do clube.

Em uma nota enviada à imprensa, o clube pernambucano detalhou que a decisão foi tomada após a identificação do torcedor pela PM. “O Sport agradece ao atleta pelos serviços e dedicação desde a base, bem como deseja sucesso na sequência da carreira”, diz trecho da nota rubro-negra.

O presidente do clube, Yuri Romão, publicou uma portaria que será apreciada pelo Conselho Deliberativo, onde será decidido se o torcedor, que também é sócio, será suspenso ou expulso do quadro de ativos do clube.

Entre os objetos arremessados estavam sandálias, copos e até um braço de cadeira. A indignação da torcida foi direcionada ao árbitro Alex Gomes Stefano, do Rio de Janeiro, devido às expulsões de Alan Ruiz e Zé Roberto.

Por causa do torcedor

A súmula do árbitro também registrou uma grave ofensa proferida por um diretor do Sport, não identificado, próximo à porta dos vestiários. “Seu vagabundo, não apita nunca mais aqui, vá tomar no seu c* seu filho da p***,” escreveu o árbitro.

Caso esses incidentes sejam levados ao julgamento do STJD, o clube pode enfrentar penalidades financeiras que variam de R$ 100 a R$ 100 mil, conforme o artigo 213 do CBJD, que trata da responsabilidade dos clubes em prevenir desordens em seus estádios.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

No entanto, uma eventual punição pode ser atenuada se o Sport comprovar que tomou medidas para identificar e deter os responsáveis pelas desordens.

Com a segunda derrota na Série B, o Sport caiu para a terceira posição na tabela de classificação. O próximo desafio será contra o Goiás, no Hailé Pinheiro, onde o time buscará recuperar seu bom desempenho e manter a confiança da torcida.

Nota Oficial do Sport

“Na partida Sport x Avaí, realizada no último sábado (18), na Arena de Pernambuco, um sócio do Rubro-negro arremessou, ao final do jogo, objetos em direção ao gramado.

Ele foi identificado e levado pelo Batalhão de Choque para a Delegacia do Torcedor, onde foi lavrado o Boletim de Ocorrência e Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO), com o devido acompanhamento da Vice Presidência Jurídica do Sport.

Por ser sócio do Sport, o clube tomou medidas administrativas, através de uma portaria publicada pelo presidente Yuri Romão, impedindo seu acesso ao estádio. Além disso, ele não poderá exercer seus direitos sociais e será afastado dos jogos.

A portaria foi remetida ao Conselho Deliberativo que irá julgar o sócio, que poderá ser suspenso ou até expulso do quadro de sócios.

O Sport Club do Recife orienta sócios e todos os torcedores a não arremessarem objetos dentro do campo. E caso aconteça, que os demais sócios identifiquem o autor do arremesso e informem, de imediato, à Polícia Militar, Batalhão de Choque, Segurança Privada ou Vice-Presidência Jurídica.”