Soso será demitido após vexame do Sport? Informação confirmada

O Sport Club do Recife viveu uma tarde para ser esquecida no último domingo (26). Jogando na Arena de Pernambuco, o Leão da Ilha foi goleado pelo Fortaleza por 4 a 0 na semifinal da Copa do Nordeste, todos os gols sendo sofridos ainda no primeiro tempo. O resultado eliminou o Sport da competição, gerando uma onda de frustração entre a torcida e a diretoria do clube.

Mariano Soso, técnico do Sport, não escondeu sua decepção na entrevista coletiva após o jogo. “Essa eliminação é decepcionante. Tínhamos a intenção de colocar o Sport novamente em uma final, principalmente num jogo que é um clássico do Nordeste. Acho que temos a oportunidade de mudar a dor gerada por essa derrota e eliminação para construir forças e colocar o Sport na Série A”, afirmou o treinador.

Ele ressaltou a necessidade de canalizar essa decepção em motivação para o principal objetivo da temporada: o retorno à Série A do Campeonato Brasileiro.

“Agora, nossa capacidade e qualidade têm que estar sustentadas para a Série B. Hoje, na decepção do torcedor, eu não encontro reprovação. Fizemos um primeiro tempo inesperado, mas considero positivo que a equipe não deixou nunca de tentar, sempre se colocou em jogo. É algo pequeno, mas significativo para nós”, completou.

Soso explicou que o plano inicial era protagonizar o confronto, mas a equipe não conseguiu lidar com as transições rápidas do Fortaleza.

“Como sempre, tivemos a intenção de protagonizar o jogo, mas o adversário tem um padrão muito claro de transição. É uma equipe com boa organização defensiva, que joga muito perto e que transiciona. Eles não colocam ênfase na construção do jogo. Acho que rapidamente eles encontraram essa jogada e nós não conseguimos desativar um padrão do adversário. Foi muito complexo. Tomamos quatro gols e não tivemos respostas efetivas na adversidade”, disse o técnico.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Futuro de Soso

A pressão sobre Mariano Soso aumentou significativamente após a goleada. Rumores sobre sua possível demissão começaram a circular logo após o apito final. Em uma coletiva de imprensa, a diretoria do Sport confirmou que está avaliando a continuidade do treinador à frente do time.

O presidente do clube, Carlos Frederico, destacou que a decisão será tomada com base no desempenho da equipe nos próximos jogos e no ambiente interno do clube.

De volta à disputa da Série B, o Sport enfrenta o Goiás na próxima sexta-feira (31), às 21h30, fora de casa, pela 8ª rodada da competição. Essa partida será crucial não apenas para a recuperação do time no campeonato, mas também para determinar o futuro de Mariano Soso no comando técnico do Sport.

O que resta saber é se o Sport conseguirá transformar a dor da eliminação em uma força propulsora para alcançar o acesso à Série A, ou se a turbulência interna acabará por desestabilizar ainda mais o time. A torcida, apaixonada e exigente, espera respostas rápidas e contundentes dentro de campo.