Soso encerra ciclo do Sport em caso de derrota pro Paysandu

O Sport enfrenta um momento decisivo na Série B do Campeonato Brasileiro. Sem vencer há três jogos, o Leão da Ilha encara o Paysandu nesta segunda-feira (10), na Arena de Pernambuco, em um confronto que pode definir o futuro do técnico Mariano Soso no comando da equipe. A pressão é intensa, e uma derrota pode significar o fim do ciclo de Soso no Sport.

Histórico Favorável

Para se apegar a alguma esperança, o Sport olha para o histórico favorável em jogos contra o Paysandu em solo pernambucano. Desde 2012, o Leão não perde para o Papão como mandante.

Naquela ocasião, uma dolorosa goleada por 4×1 pela Copa do Brasil marcou a única derrota do Sport em casa para os paraenses. Desde então, foram dois confrontos: um empate sem gols na Série B de 2013 e uma vitória por 3×2 na Copa do Brasil de 2014.

Apesar disso, o clima é de tensão. O Sport, atualmente na sétima posição com 12 pontos, precisa desesperadamente de uma vitória para voltar ao G4 e aliviar a pressão sobre Soso. Do outro lado, o Paysandu está na 16ª colocação, com oito pontos, e luta para se afastar da zona de rebaixamento.

“Será um jogo muito difícil. O time deles trabalha bem a bola, mas dentro de casa temos de nos impor e ir atrás do resultado”, afirmou o volante Felipe, demonstrando a determinação do elenco.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

A diretoria do Sport está ciente da insatisfação da torcida e da necessidade de resultados imediatos. A sequência negativa de resultados e as recentes eliminações nas Copas do Brasil e do Nordeste aumentaram ainda mais a pressão sobre Mariano Soso.

“A trajetória dificilmente de um clube campeão é linear. Ela passa por altos e baixos. Estamos num momento realmente de instabilidade, mas é preciso ter serenidade para superar”, destacou um dirigente do clube.

A Busca por Reabilitação

A partida contra o Paysandu se tornou um divisor de águas. Uma vitória pode significar a retomada da confiança e a manutenção do técnico no comando. Por outro lado, uma derrota pode selar o destino de Soso e iniciar um novo ciclo no comando técnico do Sport.

O apoio da torcida será fundamental, e a Arena de Pernambuco deve se transformar em um caldeirão para empurrar o time rumo à vitória.

O Sport precisa mostrar resiliência e adaptação para enfrentar o Paysandu e continuar na busca pelo acesso à Série A. A temporada é longa, e momentos de adversidade como este podem ser superados com união e determinação.

O Leão da Ilha precisa reencontrar suas virtudes, como a forte pressão na saída de jogo do adversário e a intensa movimentação com e sem a bola, para voltar ao caminho das vitórias.