Por que GUTO FERREIRA foi demitido do Sport?

O treinador Guto Ferreira foi dispensado do Sport em 2020 após um histórico de desempenho misto no comando do clube. O presidente do clube, Milton Bivar, expressou sentir-se decepcionado com a performance do time e sentiu que era o momento de uma mudança na direção técnica.

A prova final, que culminou na decisão de demissão, ocorreu durante o embate do Sport contra o Brusque. Segundo Bivar, apesar de ter apenas uma derrota na temporada, o jogo expôs a falta de estrutura e organização do time, considerando que 80% dos atletas não renderam o que sabem.

O presidente não poupou críticas à gestão de Ferreira e sua incapacidade de fazer o time se sair bem no crucial jogo contra o Brusque. Milton Bivar salientou que os jogadores demonstraram dificuldade em criar jogadas, com erros de cobertura e substituições questionáveis. A derrota custou ao rubro-negro a vaga na segunda fase da Copa do Brasil e uma cota financeira de R$1,03 milhões.

Aproveitamento do treinador

Guto Ferreira chegou ao Sport em fevereiro de 2020, contratado para substituir Milton Cruz. Durante sua temporada, o treinador registrou 25 vitórias, 23 empates e seis derrotas, obtendo um aproveitamento de 61,6%. Embora isto seja superior ao desempenho do time em 2020, Bivar acredita que o desempenho abaixo do esperado neste ano levou à necessidade de mudança.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Recentemente, Guto, que comandou o Sport em 2019 e 2020, relembrou a conquista do acesso com o time pernambucano. “Foi um acesso muito legal, porque quando assumimos o Sport não tinha dinheiro e foi pegando atletas disponíveis no mercado, alguns voltando de lesão, como era o caso do Charles e do Leadrinho.”

“Alguns jogadores que tinham passado por outros clubes e não tinham atingido o estágio de jogo, como o Guilherme, que acabou se tornando o artilheiro do campeonato. Mas nós tivemos tempo hábil durante o Estadual e naquele momento o Sport não jogava a Copa do Nordeste, tinha feito essa opção.”

“Então tivemos tempo de treinamento para elevar o nível da equipe fisicamente e estrutural. Isso teve uma ajuda grande no desenvolvimento da equipe, que foi vice-campeã brasileira, um título importantíssimo, porque o campeão foi o Bragantino”