Por quanto LUCAS LIMA foi vendido pelo SPORT ao SANTOS?

Por nada, o jogador esteve defendendo o Sport em 2013 emprestado pelo Internacional, ou seja, com todos seus direitos pertecendo ao clube gaúcho. Após uma temporada sensacional pelo Leão, o preço do jogador inflacionou, não sendo possível para o Sport competir com os altos valores.

Os dois clubes(Inter e Santos) e a Doyen Sports finalizaram um acordo quanto aos valores da negociação por fim, bateram o martelo. Durante esse período, ocorreram diversas reuniões entre Santos, Inter e Doyen Sports. O Peixe concordou e pagou aproximadamente R$ 5 milhões por 80% dos direitos econômicos de Lucas Lima

O Internacional ficaria com 10% dos direitos, enquanto o grupo de investidores que detinha metade do passe do meia seria proprietário dos 10% restantes. Lucas Lima assinou contrato por quatro anos.

Similar à negociação que resultou na compra de Leandro Damião, o Santos teria que reembolsar à Doyen Sports o dinheiro investido em Lucas Lima (que deveria receber cerca de R$ 80 mil na Vila Belmiro), com uma taxa de juros de 10% ao ano. Se o meia fosse vendido no futuro por um valor superior ao da transferência, o Peixe teria direito a 20% do lucro (a chamada mais-valia).

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Ou seja, a saída do jogador do Sport para o Santos se deu sem qualquer exito ao Leão da Ilha, apenas ao Internacional.

Situação real

Na Ilha do Retiro, Lucas Lima teve seu momento de destaque. O meio-campista, na época com 23 anos em 2013, foi cedido por empréstimo pelo Internacional ao Sport, tornando-se uma das figuras proeminentes na equipe que ascendeu para a Série A. Ao longo desse período, acumulou 53 partidas, marcando nove gols e providenciando seis assistências.

Após receber uma indicação positiva do Santos para o empréstimo de Lucas Lima, o meia parece não estar mais a caminho do Sport. O clube pernambucano formalizou um contato oficial com o time santista na tentativa de repatriar o jogador, mas um obstáculo surgiu no negócio, com o próprio atleta sendo o principal envolvido na transferência.

A diretoria do Leão revelou não ter conseguido estabelecer uma comunicação direta com Lucas Lima, tendo mantido contato apenas com sua equipe, a qual, por sua vez, ainda não respondeu ao interesse rubro-negro.