Nova profissão de Durval depois da aposentadoria deixou todos de queixo caído

Quem diria que o “zagueiro que nunca ri” do futebol brasileiro, Durval, surpreenderia a todos com sua nova profissão depois da aposentadoria? Conhecido por sua seriedade em campo, o ex-capitão do Sport, que foi um dos pilares da conquista da Copa do Brasil de 2008, mostrou uma nova faceta que deixou todo mundo de boca aberta.

Durval foi a estrela de uma ação promocional do Sport para o lançamento do novo uniforme, comemorando os 15 anos do título da Copa do Brasil.

No vídeo, ele narra a história da campanha vitoriosa para uma criança, sem perder seu estilo sisudo característico. A autenticidade de Durval conquistou a internet, com elogios pipocando de todos os lados.

“Durval é ídolo nessa bagaça. Não precisa sorrir, fazer média, iludir pra ser ídolo, é só ser autêntico,” comentou um internauta.

Outro disse que “não sabia que precisava ver e ouvir Durval contando uma historinha de dormir até ver e ouvir Durval contando uma historinha de dormir.”

O Novo Talento de Durval

A performance de Durval foi tão impactante que muitos sugeriram um Oscar ao ex-zagueiro. “Durval fazendo 99% da torcida chorar em plena segunda-feira, às 11h da manhã. Que atuação, entreguem o Oscar para esse homem,” escreveu um fã emocionado.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Até o apresentador do Globo Esporte Pernambuco, Tiago Medeiros, entrou na brincadeira: “Severino dos Ramos DURVAL da Silva. Por que choras, Tony Ramos?” Uma ironia sutil, comparando Durval ao consagrado ator.

De Capitão a Narrador de Histórias

Durval, que foi crucial na vitória do Sport por 3 a 1 sobre o Internacional, marcando um gol histórico que garantiu a passagem para as semifinais da Copa do Brasil de 2008, contra o Vasco, mostrou que sua seriedade e liderança vão além dos gramados.

Na final, o Sport superou o Corinthians, consolidando a lenda de Durval no clube.

A nova profissão de Durval, mesmo que temporária ou apenas promocional, mostrou um lado humano e acessível do jogador, um ídolo que se manteve autêntico e fiel a suas raízes.

O prenúncio de que ele poderia explorar novas áreas após a aposentadoria, mantendo-se relevante e querido, se concretizou de maneira surpreendente.

Durval, com sua nova carreira de narrador de histórias, prova que a aposentadoria não significa o fim de uma jornada, mas o início de uma nova.

A história do zagueiro sisudo que emocionou a torcida com uma simples narração é um símbolo de que autenticidade e paixão são elementos poderosos, capazes de transcender o esporte.