Mercado: Gigante do Nordeste perde nome para o Internacional

Em 4 de fevereiro, o Sport anunciou oficialmente a saída do diretor executivo de futebol, Jorge Andrade. O dirigente recebeu uma proposta do Internacional e optou por deixar o Leão após mais de dois anos de serviço. Antes de partir, despediu-se de membros da diretoria do Sport e de amigos na cidade do Recife.

Após a vitória do Sport sobre o Afogados da Ingazeira no Campeonato Estadual, Jorge Andrade confirmou as informações sobre a abordagem do Internacional. No entanto, ao ser questionado sobre sua permanência no Leão, esquivou-se da resposta.

Aos 48 anos, o dirigente gaúcho acumula experiências como executivo no Santos, Figueirense, Athletico-PR, e no próprio Internacional, onde também jogou na década de 90. Jorge Andrade assumiu a gestão do futebol do Sport no final de 2021 e desde então contribuiu para a conquista do Campeonato Pernambucano de 2023, além de ter montado a equipe vice-campeã da Copa do Nordeste no mesmo ano.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Comunicado do Leão

Ele se tornou um pilar importante no departamento, colaborando estreitamente com o presidente Yuri Romão. Mesmo após o desfecho desfavorável na reta final da Série B em 2023, que resultou no não acesso, Jorge Andrade permaneceu na gestão do clube.

“O Sport Club do Recife comunica a saída do executivo de futebol, Jorge Andrade, neste domingo (04). Por questões pessoais, ele pediu desligamento do Clube para retornar ao Rio Grande do Sul, onde nasceu e possui residência fixa.

Jorge Andrade vinha de forma executiva no departamento profissional do Clube desde o fim de 2021, onde iniciou processo de reestruturação administrativa e esportiva do projeto de futebol do Sport.

O Clube agradece a Jorge Andrade pelos mais de dois anos de dedicação, empenho e profissionalismo, e deseja sucesso na sequência da carreira do profissional.”