Lucas Lima projeta virada do Sport sobre o Atlético-MG

Hoje é um dia decisivo para o Sport que enfrenta o Atlético-MG, às 20h, na Arena de Pernambuco, pela terceira fase da Copa do Brasil. O Leão precisa de uma vitória épica para reverter a desvantagem de dois gols sofrida no jogo de ida na Arena MRV. Para muitos, a missão parece quase impossível, mas não para Lucas Lima.

Ao longo das 30 participações na competição, os rubro-negros só conseguiram avançar de fase após estarem em desvantagem na primeira partida em apenas cinco oportunidades. A tarefa é hercúlea, mas a história é feita de desafios como esse.

Declaração de Lucas Lima

O meia Lucas Lima, experiente e confiante, acredita na força do grupo. “Eu acredito muito que a nossa equipe pode fazer grandes coisas com o apoio da nossa torcida jogando aqui em Recife, jogando no nosso estádio, mesmo que não seja na Ilha. Projeto um grande jogo, um grande desafio, com grandes emoções e, se Deus quiser, a gente passando”, afirmou o jogador.

O Sport chega para o confronto desgastado fisicamente e moralmente. Após duas derrotas inesperadas na Série B, para Ituano e Avaí, o time de Mariano Soso está pressionado para apresentar um bom futebol. As expulsões de Alan Ruiz e Zé Roberto contra o Avaí sobrecarregaram a equipe, tornando os desafios ainda maiores.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Com isso, Lucas Lima destaca a importância de manter o foco. “A gente sabe que serão dois jogos difíceis, mas primeiro a gente está focando tudo no Atlético-MG. É um jogo decisivo pra nós. É um jogo que a gente sempre queria estar jogando. Tivemos três dias apenas aí pra trabalhar, mas deu pra recuperar as energias”, disse.

Mais de 15 mil ingressos foram vendidos antecipadamente, e a expectativa é de casa cheia. O meia, que já marcou um gol e deu duas assistências na temporada, acredita que o fator casa pode ser determinante.

“A gente vem tendo semanas decisivas acho que desde o começo do ano. É claro que essa é um pouco diferente das outras e a gente chega bem, independente desses resultados, que não foi o que a gente queria. A gente demonstrou bons jogos, bons padrões, que é o que o nosso treinador pede sempre. Então isso, na minha visão, mostra que a gente está no caminho certo”, finalizou Lucas Lima.