Juiz DEDURA e Sport pode ser punido pelo STJD

A derrota de virada do Sport para o Avaí, por 2 a 1, na última rodada da Série B, trouxe mais que frustração para a equipe pernambucana. O árbitro da partida, Alex Gomes Stefano, relatou incidentes graves na súmula, que podem levar o clube a enfrentar sérias consequências no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD).

Após o apito final, a revolta da torcida rubro-negra pelas expulsões de Alan Ruiz e Zé Roberto, que culminaram na segunda derrota consecutiva do time, se direcionou violentamente ao árbitro.

Segundo Stefano, enquanto ele e a equipe de arbitragem deixavam o campo, foram alvo de objetos arremessados pela torcida, incluindo copos, sandálias e até mesmo o braço de uma cadeira da Arena de Pernambuco.

Além dos objetos lançados, um vídeo que circula nas redes sociais mostra a polícia detendo um torcedor do Sport após a confusão na entrada dos vestiários.

O árbitro também afirmou ter sido insultado e ameaçado por um diretor do clube, não identificado, que o chamou de “vagabundo” e declarou que ele nunca mais apitaria jogos na Arena.

Problema fora de campo

Esses acontecimentos colocam o Sport sob o risco de punição pelo STJD, de acordo com o artigo 213 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD). O artigo prevê multas entre R$ 100 e R$ 100 mil para clubes que não tomem medidas adequadas para prevenir e reprimir desordens, invasão de campo e lançamento de objetos no gramado.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Se levado a julgamento, o Sport poderá enfrentar não apenas uma multa financeira, mas também sanções que incluem a realização de partidas com portões fechados.

Vale lembrar que o Sport já enfrentou o STJD recentemente, após os ataques ao ônibus do Fortaleza pela Copa do Nordeste. Naquela ocasião, o clube foi punido com seis jogos de suspensão com portões fechados. Agora, com a reincidência de problemas de comportamento da torcida, a situação pode se complicar ainda mais.

O relato detalhado de Alex Gomes Stefano na súmula da partida aumenta a pressão sobre o Sport. “Após o término da partida, quando a equipe de arbitragem deixava o campo de jogo com auxílio da Polícia Militar foram arremessados objetos (copos, sandália, braço de cadeira) em nossa direção. Informo ainda que quando estávamos na entrada do nosso vestiário, um diretor não identificado do Sport que se encontrava na porta do vestiário de sua equipe proferiu as seguintes palavras em minha direção: ‘seu vagabundo, não apita nunca mais aqui, vá tomar no seu c* seu filho da p**'”, escreveu o árbitro.

Diante dos fatos relatados, o STJD deve analisar o caso nas próximas semanas, e o Sport pode ter que lidar com mais uma punição ainda mais pesada, agravando mais a situação do clube em termos financeiros.