Entenda: SPORT “ajudou” e Alberto Valentim acabou de sofrer

Decorreram quatro meses, ou 112 dias, nos quais os torcedores do Ituano tiveram a oportunidade de celebrar as duas últimas vitórias do clube. Durante esse período, o Ituano enfrentou desafios significativos, sendo rebaixado no Campeonato Paulista, eliminado da Copa do Brasil e sofrendo uma sequência de oito derrotas consecutivas, enfrentando assim a maior crise de sua história.

Um breve alívio nesse cenário turbulento veio com uma vitória sobre o então líder invicto da Série B, o Sport. Este confronto foi crucial, já que o Sport era a única equipe na competição com 100% de aproveitamento até então. Até o ano de 2024, o Ituano jamais havia perdido sete jogos consecutivos, muito menos oito, uma marca alcançada diante do Goiás.

Durante essa fase adversa, o Galo enfrentou desafios em várias frentes, sendo eliminado do Paulistão, da Copa do Brasil e passando as primeiras quatro rodadas da Série B sem pontuar. Ao todo, foram 12 derrotas e três empates.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Valentim respirou

O técnico Alberto Valentim, que assumiu o comando da equipe na reta final do Paulistão após a demissão de Marcinho, não conseguiu conquistar uma vitória sequer até então, acumulando seis derrotas.

“Uma vitória importantíssima por tudo o que já sabemos, o período sem vencer e estávamos pedindo isso. Nós merecemos, os jogadores merecem. Fizemos mais uma semana muito boa. Precisávamos fazer uma partida quase perfeita, saber sofrer contra um adversário fortíssimo, mas é uma vitória que nós todos merecíamos muito, principalmente os jogadores.” – disse o técnico, em um claro alívio.

“É um novo início, com certeza. Vamos continuar trabalhando, temos mais um desafio no domingo e esperamos que tudo dê certo. É uma partida difícil, um time bem entrosado, mas vamos lutar até o final, como lutamos contra Sport. É 11 contra 11 e, se Deus quiser, vamos sair vitoriosos.”