CBF divulga VAR de lance polêmico entre Sport x Atlético-MG

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) divulgou o áudio da análise do VAR sobre o gol anulado de Paulinho, do Atlético-MG, na partida contra o Sport pela Copa do Brasil. O gol, inicialmente confirmado em campo pelo árbitro Bráulio da Silva Machado, foi invalidado após revisão da cabine do VAR por uma falta anterior de Zaracho.

A Análise do VAR

Após o gol de Paulinho, a cabine do VAR começou a examinar o lance para verificar um possível impedimento de Zaracho, que estava envolvido na jogada antes da finalização. A análise focou em dois pontos principais: a posição de Zaracho e uma possível falta cometida por ele em Fabricio Domínguez.

Na cabine do VAR, os árbitros discutiram a disputa de bola entre Vargas e o jogador do Sport. “Os dois estão prendendo a bola e disputando. Ela está em disputa, ninguém prende ela, tá bom?” comunicou um dos árbitros do VAR, descartando qualquer irregularidade nessa parte do lance.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Em seguida, a análise se concentrou na entrada de Zaracho. Os árbitros buscaram uma visão clara da jogada para determinar se houve falta do argentino sobre Fabricio Domínguez. “Quero ver agora se tem a falta ou não.

Essa jogada. Quero uma outra câmera nessa jogada. Essa não pega, eu quero uma outra imagem. Essa falta que eu quero ver. Estamos checando uma possível falta, tá, Bráulio, do (camisa) 15? Quero ver uma (imagem) de frente. Não tem? Ele não acerta a bola. Ele acerta a perna do jogador. Ele calça o jogador, que estava vindo para frente,” informou o VAR.

Decisão Final

Com a revisão do VAR indicando que Zaracho não tocou na bola e cometeu falta em Domínguez, Bráulio da Silva Machado foi chamado para revisar a jogada. “Bráulio, o jogador número 15 calça a perna do jogador número 8, a perna esquerda. Ele não toca na bola,” relatou o VAR. Bráulio, após analisar o lance, concordou com a infração e decidiu anular o gol. “Decisão final. Anular o gol e reiniciar com falta no meio-campo para o Sport,” definiu o árbitro.