Cantor famoso mandou jornalista calar a boca para defender o Sport

Após causar indignação entre os torcedores devido a uma declaração ofensiva do comentarista Peninha, o programa Extra Ordinários, do SportTV, convidou o cantor Lenine neste domingo (24) para reconciliar-se com os pernambucanos.

Torcedor do Sport Clube do Recife, o artista apareceu vestindo a camisa do time. Em um tom descontraído, Lenine “amordaçou” o comentarista Eduardo Bueno, o Peninha, pediu para ele “calar a boca” e lançou bolinhas de papel.

O momento foi compartilhado na página oficial de Lenine no Facebook. Durante a participação, o convidado abordou diversos tópicos, incluindo o controverso título de 1987, quando o Sport conquistou o Campeonato Brasileiro.

Entenda a polêmica

Na semana anterior, Peninha provocou a revolta dos torcedores ao afirmar que “não há futebol acima da Bahia” e recebeu críticas nas redes sociais. Embora tenha divulgado um vídeo comentando suas declarações, o comentarista se recusou a se retratar.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Lenine, além de sua participação descontraída, fez uma brincadeira gramatical. “Ele nem pediu desculpas pela besteira que falou. A maior barbaridade, ao se referir à cidade, foi usar o artigo feminino. É o Recife e não a Recife”, explicou, mantendo um clima de descontração.

A humilhação foi especialmente em relação ao Sport, a quem se referiu como “patético”, após a derrota do Grêmio para o Leão da Ilha por 4 a 2 na última rodada do Campeonato Brasileiro. “O Sport é patético. Eu não respeito. Eu nem sabia que tinha futebol ao norte da Bahia.”