Até o governo de LULA se manifestou sobre situação do Sport Recife

O Ministério do Esporte emitiu uma nota em resposta às cenas de violência ocorridas durante a partida entre Náutico e Sport na final do Campeonato Pernambucano, no último sábado (30), nos Aflitos.

Durante o evento, alguns torcedores precisaram de assistência devido a confrontos entre torcedores e a polícia nas arquibancadas. Além disso, um mesmo torcedor invadiu o campo duas vezes, sendo detido pela polícia.

Na nota, o Ministério não apenas expressa pesar pelos incidentes, mas também se compromete a realizar reuniões para discutir e abordar a questão da violência nos estádios brasileiros. O episódio do último sábado representa apenas mais uma ocorrência lamentável em uma série de incidentes ocorridos em Pernambuco ao longo de 2024.

Um dos acontecimentos mais negativos foi o ataque ao ônibus do Fortaleza, perpetrado por uma organizada ligada ao Sport. Como resultado, o Leão foi penalizado com a perda de 8 jogos com portões fechados, porém, obteve um efeito suspensivo junto ao Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD).

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

VEJA A NOTA OFICIAL DO MINISTÉRIO

“O Ministério do Esporte repudia veementemente os episódios de violência ocorridos durante a partida entre Náutico e Sport, válida pelo Campeonato Pernambuco, em Recife.”

“É crucial investigar e responsabilizar os envolvidos nesse episódio. A segurança dos torcedores e a integridade dos eventos esportivos devem ser prioridades absolutas.”

“Este é um tema prioritário para o Ministério do Esporte. Entre nossas ações está o termo de cooperação técnica, firmado junto com ao Ministério da Justiça e CBF, em prol do Programa Estádio Seguro.”

“O ministro André Fufuca anunciou para os próximos dias reuniões com os clubes e federações para discutir medidas que promovam a segurança nos estádios.”