ABSURDO! Apagão parou um dos maiores clássicos do Brasil

Uma interrupção no fornecimento de energia causou uma pausa de 26 minutos no primeiro jogo da semifinal do Campeonato Pernambucano entre Sport e Santa Cruz, no último sábado, no Arruda. O apagão ocorreu aos 19 minutos do segundo tempo, momento em que o Santa Cruz liderava o placar por 1 a 0.

O clube emitiu uma declaração oficial sobre o incidente por meio do presidente da Comissão Patrimonial, Adriano Lucena. A Neoenergia, por sua vez, informou que a interrupção resultou de problemas internos no Arruda e que a rede estava operando normalmente.

Após o apagão, o eletricista do Arruda, conforme relatado pelo delegado da partida, Jorge Buregio, indicou que esse tipo de problema era comum e que a expectativa era de que a energia fosse restabelecida em 20 minutos.

Entretanto, foram necessários 26 minutos para que a iluminação dos refletores completamente restaurada. Com a questão resolvida, o árbitro reiniciou a partida normalmente.

Procedências do ocorrido

Segundo o delegado da partida, Buregio: “O eletricista falou que é uma situação normal. A alta tensão fez o disjuntor do estádio disparar. A expectativa é que a energia do Arruda volte ao normal em 20 minutos.”

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Imediatamente após o apagão, ocorreu um princípio de tumulto entre os jogadores no campo, o qual foi prontamente controlado. À medida que o tempo transcorria sem o retorno da energia, os jogadores decidiram realizar um aquecimento, com movimentação no campo.

O comentarista de arbitragem da Globo disse o seguinte: “De acordo com o regulamento geral da Federação Pernambucana de Futebol, em caso de queda de energia, o árbitro deve aguardar por 30 minutos.”

“Se ele tiver alguma informação dos administradores do estádio de que o problema pode ser solucionado, então o árbitro pode prorrogar esse prazo por mais 30 minutos. Se, por ventura, a iluminação não for restabelecida hoje, a partida deve ser continuada no dia seguinte às 15h ou em outro horário a ser definido pela organização do campeonato.”